top of page
  • Foto do escritorAdmin

Como organizar as finanças de uma rede de clínicas odontológicas


Como organizar as finanças de uma rede de clínicas odontológicas

Gerenciar as finanças de uma rede de clínicas odontológicas é uma tarefa que exige habilidades de gestão financeira e conhecimento especializado na área da saúde.


Uma gestão financeira eficaz pode determinar o sucesso ou fracasso de uma rede de clínicas odontológicas, especialmente em tempos de incertezas econômicas. Quando as finanças são organizadas de forma eficiente, a rede pode alocar recursos para melhorar a qualidade do atendimento ao paciente, investir em tecnologias mais avançadas, treinamento de pessoal e marketing.


Além disso, uma gestão financeira eficiente pode ajudar a rede a enfrentar os desafios inerentes ao setor de saúde, como a volatilidade nos custos dos insumos e as mudanças nas regulamentações governamentais.


Em suma, a organização financeira é crucial para garantir a estabilidade e crescimento de uma rede de clínicas odontológicas.


Como aplicar o conceito de centro de custo a uma rede de clinicas odontológicas

O conceito de centro de custo é uma técnica de gestão financeira que consiste em agrupar os custos relacionados a uma determinada área de atividade ou departamento da empresa. No contexto de uma rede de clínicas odontológicas, a aplicação do conceito de centro de custo pode ajudar a gerenciar os custos de cada clínica individualmente e, assim, melhorar a eficiência financeira da rede como um todo.

Para aplicar o conceito de centro de custo, é necessário identificar os principais custos associados a cada clínica, tais como aluguel, salários dos funcionários, materiais odontológicos, serviços de terceiros, entre outros. Em seguida, deve-se criar um centro de custo para cada clínica, agrupando os custos relacionados a ela.

Com os centros de custo estabelecidos, é possível monitorar de perto os gastos de cada clínica e compará-los com o desempenho financeiro da rede como um todo. Isso permite identificar eventuais desvios ou oportunidades de redução de custos em cada clínica e tomar medidas corretivas para melhorar a eficiência financeira da rede.

Além disso, a aplicação do conceito de centro de custo também pode ajudar na tomada de decisões estratégicas, como a alocação de recursos entre as clínicas, a abertura de novas unidades ou o fechamento de clínicas com baixo desempenho financeiro.

Em resumo, a aplicação do conceito de centro de custo pode ser uma ferramenta valiosa para gerenciar os custos de uma rede de clínicas odontológicas e melhorar sua eficiência financeira.


Exemplo simplificado de plano de contas para uma rede de clínicas odontológicas


A seguir, apresento um exemplo de plano de contas para um centro de custo de uma rede de clínicas odontológicas, com base nas principais categorias de custos:


01) Custos com Pessoal:

  • Salários e encargos sociais dos dentistas e funcionários administrativos de cada clínica

  • Benefícios, como vale-transporte, vale-refeição, plano de saúde, entre outros

  • Treinamento e desenvolvimento de pessoal

  • Despesas com serviços terceirizados, como limpeza e segurança

02) Custos com Infraestrutura:

  • Aluguel, condomínio e manutenção predial

  • Energia elétrica, água e outras despesas de consumo

  • Equipamentos e mobiliário odontológico

  • Tecnologias de informação e comunicação, como softwares de gestão e sistemas de telefonia

03) Custos com Insumos e Materiais Odontológicos:

  • Materiais de consumo, como luvas, máscaras, seringas, entre outros

  • Materiais de limpeza e esterilização

  • Medicamentos e anestésicos

  • Equipamentos de radiologia e imagem

04) Custos com Marketing e Publicidade:

  • Despesas com campanhas publicitárias

  • Criação e produção de materiais de comunicação, como folders e cartazes

  • Investimento em mídias digitais, como redes sociais e Google Ads

05) Custos com Tributos e Taxas:

  • Impostos e contribuições sociais, como IRPJ, CSLL, PIS, COFINS, ISS, entre outros

  • Taxas de licenciamento e alvarás de funcionamento

06) Custos Financeiros:

  • Juros e encargos financeiros, como empréstimos bancários e financiamentos

  • Despesas com cartão de crédito e débito

  • Taxas bancárias, como de manutenção de conta e transferências

Com esse plano de contas, é possível monitorar de perto os principais custos associados a cada clínica da rede, facilitando a gestão financeira e ajudando a identificar oportunidades de redução de custos e melhoria da eficiência financeira.


É importante lembrar que o plano de contas pode variar de acordo com as particularidades de cada rede de clínicas odontológicas, sendo necessário ajustá-lo de acordo com as necessidades e realidades da empresa.


Como analisar o desempenho de cada clincia dentro de uma rede de clinicas odontológicas por centro de custo? Para analisar o desempenho de cada clínica dentro de uma rede de clínicas odontológicas por centro de custo, é necessário realizar uma análise financeira detalhada de cada centro de custo. Esse processo envolve a avaliação dos resultados contábeis e financeiros, comparando-os com os objetivos estratégicos definidos para cada clínica.

Algumas das principais métricas financeiras que podem ser utilizadas para análise de desempenho por centro de custo são:

  1. Receita: avaliar a receita gerada por cada clínica individualmente, comparando com as metas estabelecidas.

  2. Custos: monitorar de perto os custos associados a cada clínica, identificando eventuais desvios em relação ao orçamento estabelecido.

  3. Margem de lucro: avaliar a margem de lucro de cada clínica, comparando com as metas estabelecidas.

  4. Rentabilidade: analisar a rentabilidade de cada clínica, considerando o retorno sobre o investimento realizado.

Além disso, é importante realizar uma análise qualitativa, avaliando o desempenho de cada clínica em termos de qualidade de atendimento, satisfação dos pacientes, avaliações online, entre outros indicadores relevantes para a gestão da qualidade.

Com base nessa análise, é possível identificar as clínicas com melhor desempenho financeiro e aquelas que apresentam oportunidades de melhoria. A partir disso, é possível definir estratégias específicas para cada clínica, como investimentos em marketing, redução de custos, treinamento de pessoal, entre outras iniciativas.


Conclusão

Em resumo, a análise de desempenho por centro de custo é um processo fundamental para a gestão financeira eficiente de uma rede de clínicas odontológicas, permitindo a identificação de oportunidades de melhoria e a definição de estratégias específicas para cada clínica.


Sobre a Senior Consulting


Somos referência em marketing e gestão de empresas de saúde. Temos nossa matriz em São Paulo e escritórios em Miami, Nova York e Londres.


Senior Consulting

Consultoria para clínicas odontológicas e médicas

+55 11 3254 7451

atendimento@seniorconsulting.com.br



bottom of page