top of page
  • Foto do escritorAdmin

A importância do manual de operações para clínicas médicas

Atualizado: 28 de fev.


A importância do manual de operações para clínicas médicas

Neste artigo vamos abordar temas relacionados a:


O que é um manual de operações para clíncas médicas

A importância do manual operacional para clínicas médicas

A gestão de processos em clínicas médicas

Protocolos e procedimentos operacionais para clínicas médicas



Todo gestor de unidades de saúde sabe da importância dos processos bem definidos para a entrega de um serviço de qualidade aos seus pacientes.


Existe toda uma lógica que justifica o investimento na criação de um manual de operações para clínicas médicas.


Seja uma pequena clínica ou um grande hospital, cada setor deve conter seu manual de instruções e suas interconexões com os demais setores da empresa.


Nesse breve artigo queremos sensibilizar você gestor de clínica médica da importância de investir em um manual operacional para clínica médica.


O manual operacional de clínicas médicas


Entenda que uma clínica médica, um hospital ou uma rede de assistência a saúde é um conjunto de processos.


Processos são formados por atividades que visam entregar algo de valor para alguém.


Assim, se você parar para pensar, existem diversos setores dentro de uma clínica e dentro deles, diversos processos:


Setor de Atendimento ao Paciente

  • Processos de Recepção

  • Processos de agendamento

  • Processos de atendimento

  • Processos de qualidade


Esse é apenas um breve exemplo de um único setor que contêm diversos processos.


O processo de recepção pode conter diversas atividades, tais como:

Abertura da clínica

Limpeza do ambiente

Verificação dos consultórios

Verficar funcionamento dos equipamentos básicos

Incialização de sistema

Verificação da telefonia e internet

Etc.


Veja, cada clínica tem seus diversos processos de acordo com o tipo de serviço oferecido.


É fundamental mapear os processos de cada setor, assim como, mapear as fronteiras entre setores e os "entregáveis"que cada setor é responsável a passar para o outro.


Por exemplo, o setor de estoque precisa trabalhar com processos integrados ao setor de atendimento clínico e também ao setor de faturamento.


Claro, quando um médico ou outro profissional da área clínica utiliza um insumo, seja ele um medicamento ou material de consumo durante o seu atendimento, o mesmo tem que ser baixado do estoque, e no momento oportuno, de acordo com regras pré-estabelecidas reabastecido o estoque pelo setor competente.


Veja, trabalhar com processos bem estabelecidos traz uma série de vantagens para sua clínica médica.


É a partir do mapeamento e da aglutinação dos processos que é formado o manual de operação da clínica


Quais as vantagens de ter um manual operacional para clínicas médicas?


Quando você tem todos os processos mapeados, alguns pontos ficam muito claros;

  • Quem faz o que;

  • Em que momento fazer;

  • Por que fazer determinada atividade;

  • Como fazer uma atividade específica;

  • A forma de registro da atividade;

  • As fronteiras de responsabilidades entre cargos e setores;

  • Os padrões de qualidade;

  • Os indicadores de medição do atendimento aos padrões;

  • Etc.


Um manual operacional da clínica funciona como um guia sobre "como as coisas são feitas aqui nesta empresa".


Quais as vantagens de um manual de operacões para clínica médica?


São várias as vantagens de investir na formatação de um manual operacional para uma clínica médica. Podemos destacar:


  • Foco no controle de processos e não de pessoas;

  • Diminuir a dependência da capacidade e disposição do funcionário;

  • Documentação e rastreabilidade de atividades permitindo a auditoria dos processos;

  • Definição clara das atividades necessárias para a entrega de um serviço ao cliente, como por exemplo, o resultado de um exame, ou a realização de um procedimento;

  • Organização setorial da clínica, determinando claramente fronteiras operacionais;

  • Otimização de recursos evitando retrabalho.

  • Etc.


Esses são apenas alguns dos benefícios de um manual de operações para uma clínica médica.


No fundo, o manual operacional da clínica é uma ferramenta de gestão empresarial que permite aos gestores da clínica manter uma maior nível de controle de qualidade da operação diária da empresa, aumentar seus lucros, diminuir a dependência de pessoas e obter, inclusive, certificações que aumentem o valor da empresa.


Se você quer saber mais sobre gestão de processos e como montar um manual de operações para clínicas médicas, entre em contato e fale com um de nossos especiaistas em gestão de clínicas médicas. Nossa consultoria para clínicas médicas está preparada para profissionalizar a sua clínica.



Senior Consultoria em Gestão e Marketing

Gestão de clínicas médicas

+55 11 3254 7451


bottom of page