top of page
  • Foto do escritorAdmin

Passo a passo para renegociar as dívidas do seu consultório com bancos, governo e fornecedores


Passo a passo para renegociar as dívidas do seu consultório com bancos, governo e fornecedores

Consultório com dívidas - Como agir


Administrar um consultório médico ou odontológico é uma tarefa desafiadora, especialmente quando quando o consultorio tem que lidar com dívidas acumuladas.


Entretanto, apesar de não ser um trabalho fácil, é sim viável renegociar as dívidas do seu consultórios com bancos credores, dívidas de impostos e taxas devidas ao governo, além de fornecedores de insumos e serviços, desde que o gestor do consultório siga algumas atividades recomendadas pelos nossos consultores.


Neste artigo, vamos apresentar um roteiro passo a passo para você renegociar as dívidas do seu consultório com como bancos, governo e fornecedores.


7 passos para renegociar as dívidas do seu consultório com bancos, governo e fornecedores

  1. Identifique objetivamente todas as suas dívidas - O passo inicial para quem pretende renegociar suas dívidas, é ter clareza de quantas são e qual o passivo total acmulado. Busque ajuda do seu consultor e também de informações de registros de movimentação de caixa do seu software de gestão do consultório. A partir dai faça uma lista classificando por categoria cada dívida, como bancos, impostos e taxas do governo e também seus fornecedores, incluindo ai colegas de trabalho. Busque estar certo dos valores levantados e de que as informações sejam precisas e atualizadas.

  2. Analilse sua situação financeira atual - Mesmo antes de dar partida no processo de renegociação das dívidas do consultório, é fundamental analisar a sua capacidade financeira atual. Faça um balanço do seu fluxo financeiro de caixa dos últimos 12 meses e calcule qual vai ser o seu fluxo de caixa projetado, ou seja, suas contas a pagar e a receber para o maior horizonte de tempo possível. Agindo assim você poderá determinar com mais precisão quanto pode pagar aos credores sem comprometer a sobrevivência da empresa.

  3. Hora de fazer contato com os credores - Na sequência, entre em contato. Aqui é fundamental ser claro, honesto e transparente com seus fornecedores sobre a real situação financeira do seu consultório, e deixar claro as suas dificuldades. Demonstre que você quer honrar os seus compromissos, mas peça ajuda dos credores para buscaream uma solução viável para ambas as partes.

  4. Negocie e documente os termos da dívida - Toda negociação precisa ficar registrada formalmente, com os novos termos da dívida, pois, tenha em mente o que você pode de fato pode pagar e qual o grau de aceite do acordo dos seus credores. Que fique documentado que os termos renegociados estejam claros e por escrito, assinados por ambas as partes, incluindo as novas datas de vencimento das dívidas, os juros a serem pagos, bem como, todas e quaisquer taxas e as condições de pagamento acordadas.

  5. Cumpra o combinado - Depois da negociação das dívidas, é vital que você esteja comprometido com o pagamento de acordo com os termos acordados. Caso você não consigo honrar o montate total da dívida , execute pagamentos regulares de acordo com os termos acordados. Agindo assim, você vai conseguir reerguer sua reputação perante os credores sejam eles funcionários, fornecedores e o próprio governo.

  6. Projeto um orçamento anual - O momento após a renegociação da dívida é o ideal para projetar orçamento com as previsões de despesas e receitas, agora já ciente dos termos negociados. agindo assim, você garante que esatará vivendo dentro de suas possibilidades financeiras, de acordo com o cenário previsto. É um ótimo momento para nomear e valorar suas despesas mensais e compara-lás com sua renda projetada. Sempre será possível encontrar lugares onde você possa economizar e ajustar seu orçamento, de modo a viver conforme à sua disponibilidade.

  7. Vigilância permanente na sua atividade financeira- Por último, mas não menos importante, é vital fazer um monitoramento da sua situação financeira de forma regular e períodica. Verifique se os seus registros contábeis estão refletindo a realidade do caixa do seu consultório comparando as suas despesas e receitas. Ao menor sinal de incompatibilidade entre o previsto e o realizado aja rapidamente para ajustar o seu orçamento e entre em contato com seus credores, caso seja necessário.

Conclusão


Toda empresa pode em algum momento ter um passivo de dívidas que se torna impagável. Nesse momente, a atividade de renegociar as dívidas do seu consultório com seus credores em todas as esferas, como bancos, com o governo (impostos e taxas), assim como com seus fornecedores pode ser de fato uma tarefa desafiadora, mas factível.


Ao seguir os passos acima, você encontrará uma proposta de solução que consiga atender ao seus interesses e seus credores. Lembre-se de ser objetivo, transparente, e de boa fé, ao negociar os termos de pagamento das dívidas e manter-se comprometido em realizar os pagamento conforme acordado.


Sempre que precisar busque ajuda de uma assessoria financeira especializada que poderá ajudar nesse momento da renegociação.


Sobre a Senior Consulting


Somos referência em marketing e gestão de empresas de saúde. Temos nossa matriz em São Paulo e escritórios em Miami, Nova York e Londres.


Senior Consulting

Consultoria para saúde

+55 11 3254 7451

atendimento@seniorconsulting.com.br

bottom of page