top of page
  • Foto do escritorAdmin

Paciente Sem Limite no Cartão de Crédito? Venda Por Assinatura!

Atualizado: 28 de fev.


Paciente Sem Limite no Cartão de Crédito? Venda Por Assinatura


O seu paciente não tem limite no cartão de crédito? Faça como a Netflix, venda por assinatura, também chamado de pagamento recorrente.


Solução Inteligente: Pagamento Recorrente para Clientes Sem Crédito


Em um cenário onde a saúde bucal e física são prioridades, é comum encontrar pacientes que buscam parcelar procedimentos médicos e odontológicos de valor mais elevado.


No entanto, uma barreira comum que muitos enfrentam é a falta de limite de crédito necessário em seus cartões para efetuar esses pagamentos parcelados. Essa situação pode levar a frustrações tanto para os pacientes quanto para as clínicas médicas e odontológicas que desejam oferecer opções de pagamento flexíveis.



Modalidades de Pagamento Parcelado e Recorrente: Diferenças e Benefícios


Existem duas modalidades principais para facilitar o pagamento de serviços de saúde: o pagamento parcelado no cartão e o pagamento recorrente no cartão de crédito. Enquanto o pagamento parcelado tradicional permite que o paciente divida o valor total do procedimento em várias parcelas fixas, o pagamento recorrente oferece uma abordagem mais flexível e conveniente.


Para ilustrar a diferença entre pagamento parcelado e pagamento recorrente, vamos considerar o cenário hipotético de um tratamento médico no valor de R$ 2.000,00, que o paciente deseja parcelar em 10 vezes.


Pagamento Parcelado:


No pagamento parcelado tradicional, o paciente realiza a transação inicial no valor total do tratamento, ou seja, R$ 2.000,00. Em seguida, o valor é dividido em 10 parcelas fixas de R$ 200,00 cada. Cada parcela é cobrada mensalmente ao longo de 10 meses, totalizando os R$ 2.000,00.


Por exemplo:

  • Mês 1: R$ 200,00

  • Mês 2: R$ 200,00

  • ...

  • Mês 10: R$ 200,00


É preciso que o cliente tenha no mínimo R$ 2.000,00 de limite disponível no seu cartão de crédito para que a operação seja autorizada pela operadora.


Pagamento Recorrente:


No pagamento recorrente, o paciente autoriza a clínica a debitar automaticamente o valor de cada parcela diretamente de seu cartão de crédito em datas específicas, sem a necessidade de efetuar uma transação inicial de R$ 2.000,00.


Por exemplo:


  • Todo mês, no mesmo dia, a clínica debita R$ 200,00 diretamente do cartão de crédito do paciente, sem a necessidade de uma transação individual para cada parcela.


Essa diferença é significativa, pois no pagamento parcelado tradicional, o paciente precisa ter um limite de crédito disponível no valor total do tratamento no momento da primeira transação, o que pode ser um obstáculo para muitas pessoas. Já no pagamento recorrente, não é necessário um limite de crédito tão elevado, pois as transações são processadas mensalmente, facilitando o acesso aos tratamentos médicos e odontológicos.


No pagamento recorrente, o paciente autoriza a clínica a debitar automaticamente o valor das parcelas diretamente de seu cartão de crédito em datas específicas, sem a necessidade de um limite de crédito disponível no momento da transação. Essa modalidade oferece maior conveniência e previsibilidade financeira para ambas as partes, eliminando a necessidade de autorizações adicionais a cada pagamento.


Empresas que Oferecem Pagamento Recorrente: Vantagens e Implementação


Diversas empresas têm adotado o modelo de pagamento recorrente para atender às necessidades de seus clientes e facilitar a gestão financeira.


Empresas como Vindi e a Iugu (NÃO SOMOS PARCEIROS OU FORNECEDORES, PROCURE MAIS INFORMAÇÕES COM AS PRÓPRIAS PLATAFORMAS) oferecem soluções completas para implementar o pagamento recorrente em clínicas médicas e odontológicas.


As vantagens para os pacientes incluem a conveniência de não precisar se preocupar com a disponibilidade de crédito em seus cartões a cada transação, além da possibilidade de gerenciar melhor seus gastos através de pagamentos programados. Para as clínicas, a automatização da cobrança reduz o risco de inadimplência e garante uma previsibilidade de caixa mais precisa.


A implementação do pagamento recorrente em uma clínica médica ou odontológica pode ser realizada de forma simples e eficiente. As empresas especializadas oferecem integrações com sistemas de gestão financeira e de atendimento ao paciente, facilitando o processo de cobrança e gerenciamento de pagamentos.


As taxas aplicáveis geralmente são transparentes e baseadas no volume de transações, proporcionando uma solução financeiramente viável para as clínicas.

Em resumo, o pagamento recorrente surge como uma solução inteligente para clientes sem crédito disponível, oferecendo benefícios tanto para os pacientes quanto para as clínicas.


Ao adotar essa modalidade de pagamento, as clínicas médicas e odontológicas podem melhorar a experiência do cliente, garantir um fluxo de caixa mais estável e fortalecer seu relacionamento com os pacientes.


Quando o pagamento recorrente é uma boa alternativa para sua clínica?


Direto ao ponto: Para tratamentos de longo prazo e em que a entrega do serviço pode demandar um período prolongado como tratamentos ortodônticos na área de odontologia, ou procedimentos estéticos e recorrentes na área de medicina.



ATENÇÃO: É necessário fazer uma boa análise de crédito do paciente antes de iniciar essa modalidade. Uma consulta no SERASA com o CPF do cliente, e um bom cronograma de entrega do serviço contratado minimizam chances de cancelamento por parte do cliente antes da entrega total do serviço. E claro, sempre, sempre tenha um contrato de prestação de serviços assinado pelo cliente reconhecedo o compromisso financeiro assumido.



Para mais informações sobre nosso trabalho e como podemos ajudar sua clínica ou consultório, entre em contato!



Senior Consultoria em Gestão e Marketing

Referência em gestão de empresas do setor de saúde

+55 11 3254-7451


bottom of page