top of page
  • Foto do escritorAdmin

O principal ponto de atenção para quem vai abrir seu primeiro consultório


O principal ponto de atenção para quem vai abrir seu primeiro consultório

Então você realizou o seu sonho (e as vezes o sonho de toda sua família) e se formou em medicina ou odontologia.


Agora que você já é um orgulho da sua família está na hora de mostrar o seu talento ao mundo, certo?


Bem, para muitos profissionais recém formados o próximo grande passo após a formatura é abrir seu primeiro consultório.


Esse vai ser um passo decisivo que te levará a um horizonte novas oportunidades, mas ao mesmo tempo, a muitas incertezas, dúvidas e respostas que você não tem, porque a faculdade de medicina ou de odontologia não te preparou para isso.


Alguns profissionais recém formados, com respaldo financeiro da família buscam uma solução mais "garantida" indo atrás de franquias.


Hoje em dia, existem centenas delas, para todos os gostos, necessidades e bolsos. Mas, ainda assim, uma franquia de odontologia ou franquia de medicina podem não caber nos seus investimentos, ou mesmo, na sua preferência.


São muitos os preparativos para abrir um consultório, alguns deles bem chatos e burocráticos, como abrir um CNPJ, buscar licenças e alváras de prefeitura, registra a empresa na junta comercial do seu estado e por ai vai. Acredite, a burocracia no Brasil é grande e desgantante.


Buscar a ajuda de uma consultoria especializada em profissionais de saúde, ou mesmo de um contador pode ser uma boa saída para encurtar o caminho.


Depois (ou em paralelo) a escolha do ponto comercial, você precisará correr atrás de fornecedores de equipamentos, comprar mobiliário e montar um estoque inicial.


E o trabalho não para por ai, pois você vai precisar recrutar e selecionar sua equipe, nem que seja uma secretaria ou ASB.


Também vai precisar buscar colegas para trabalharem no seu consultório com você e ampliarem as opções de tratamento.


Você também vai precisar entender o mínimo de negociação para poder apresentar e seus planos de tratamento e convencer seus pacientes a seguirem com você.


E o que dizer sobre o marketing do consultório? Qual a melhor estratégia para atrair pacientes? Qual a melhor forma de captar pacientes para o consultório? Será que você deve investir em marketing digital no seu consultório? Será preciso criar uma logo? Trabalhar com seu nome próprio ou divulgar uma marca?


Ufa, se você chegou até aqui, parabéns! Você realmente está querendo abrir seu consultório.


Mas, prepara-se, pois ainda não acabou...


Gostariamos de ressaltar que todos os pontos acima são importantes, mas existe um passo na abertura de consultório que é FUNDAMENTAL. Se você errar nesse passo pode por todo seu esforço a perder.


Qual o principal ponto de atenção para quem vai abrir seu primeiro consultório


A regra do jogo de abrir um consultório que você nunca poderá negligenciar chama-se: Capital de Giro


Capital de giro é a reserva financeira que você precisa ter para sustentar o seu consultório por pelo menos um ano.


Imagine o seguinte: No melhor dos cenários, depois de um ano suas contas começam a ser pagas pelo seu próprio trabalho. Mas até lá, você vai precisar continuar a injetar dinheiro no seu consultório mensalmente. Essa é uma realidade que nos da Senior Consulting acompanhamos por mais de 25 anos de consultoria para médicos e dentistas.


O excesso de otimismo é um dos pecados mortais de quem abre um consultório. Se você não tem uma carteira formada de pacientes, vai precisar investir em marketing, captação de pacientes, manter uma equipe, pagar contas fixas do consultório até que chegue ao ponto de equílibrio, que é o momento em que as despesas e receitas empatam, ou seja, seu consultório não da lucro,mas também não gera prejuízo.


Nosso conselho: Procure ajuda de uma assessoria para profissionais de saúde que te ajude a calcular a sua necessidade de capital de giro.


Mais uma dica bônus para você: 50% do valor que você tem em mãos para investir na sua clínica ou consultório deveria ser reservado para capital de giro.


Assim, em um exemplo simples, se você tem 200 mil reais para investir, faça tudo que puder para montar um consultório com 100 mil reais e deixe o restante como capital de giro.


É mais fácil começar com uma estrutura menor, equipamentos não tão modernos e mobiliário menos pomposo, do que gastar todo seu dinheiro na montagem do consultório dos seus sonhos e quebrar logo depois por falta de capital de giro.


Quer saber mais sobre como podemos ajudar você dentista ou médico a montar um consultório? Entre em contato e fale com um de nossos especialistas!


Senior Consulting

Assessoria para profissionais de saúde

+55 11 3254 7451

atendimento@seniorconsulting.com.br

bottom of page