top of page
  • Foto do escritorAdmin

Como organizar o fluxo de caixa da sua clinica

Organize o fluxo de caixa da sua clinica
Organize o fluxo de caixa da sua clinica

Uma das ferramentas gerenciais mais importantes para gestores é o fluxo de caixa.


Através do fluxo de caixa você pode manter a organização financeira da sua clinica, portanto, é fundamental fazer um controle diário do fluxo financeiro, evitando assim que sua clínica entre em colapso por descontrole gerencial e financeiro.


Para manter a saúde da sua clinica em dia é importante fazer um bom controle do fluxo de caixa. Nesse artigo você vai ver como é simples e eficiente organizar a movimentação financeira da sua clinica.


O que é um fluxo de caixa?


Fluxo de caixa é uma ferramenta gerencial que permitefazer acompanhamento das movimentações financeiras da sua clinica. Partindo desse conceito, podemos dizer que o fluxo de caixa é o meio pelo qual é possível manter a saúde financeira de uma empresa.


.

Veja, o fluxo de caixa é um indicador fundamental das finanças da clínica, pois é composto por receitas e despesas da clínnca, indicando com precisão o panorama financeiro dentro de um determinado período ou horizonte de tempo (mês, trimestre, semestre, ano, etc.).


O fluxo de caixa serve para que o gestor da clínica consiga controlar os próximos passos das finanças do negócio, uma vez que é por meio da sua análise que uma gestor decide, por exemplo, entre reorganizar o planejamento financeiro ou investir em recursos para a expansão da clínica, como compra de um novo equipamento ou investir em um curso, por exemplo.


Passo a passo para montar um fluxo de caixa na sua clínica


Agora que você já sabe o que é um fluxo de caixa e sua importância para tomada de decisões estratégicas, confira a seguir o passo a passo para montar um fluxo de caixa de maneira correta na sua clinica:


1. Identifique o saldo inicial da clínica


O primeiro passo no sentido de organizar sua gestãp financeira com a ferramenta de fluxo de caixa é fazer um levantamento do capital que você dispõe em caixa.


Note que esse capital pode estar disponível em forma de dinheiro vivo ou de depósitos bancários.



Depois disso, é necessário estipular o período de tempo de controle do seu fluxo de caixa, que pode ser mensalmente ou trimestralmente, por exemplo. Ou seja, estipular o prazo em que será feito os lançamentos, o fechamento e a análise da demonstração de caixa do período estipulado.



Dessa forma, tendo a visão clara do saldo inicial da sua clínica e o período de execução do fluxo de caixa, podemos seguir com os próximos passos.


2. Liste suas receitas e despesas


Nesse passo, será necessário identificar todas as receitas e despesas que sua clínca possui, receitas de vendas de tratamentos aos pacientes, doações, pagamento de funcionários e fornecedores, aluguel, luz, internet, contador e etc.


Na sequência, será necessário lançar todas as informações levantadas no seu fluxo de caixa, juntamente com as datas de vencimento de cada uma das receitas e despesas. Utiliza um sistema informatizado. Existem dezenas deles no mercado.


Assim, será possível manter a organização, controle e previsão de entrada e saída de recursos no caixa, além, é claro, de auxiliar de orientar e guiar o controle dos pagamentos dentro do prazo, evitando multas e juros e outras despesas.


3. Separe suas receitas e despesas em categorias ou plano de contas


O terceiro passo é uma dica importante, pois ao categorizar suas transações dentro de um plano de contas, será possível analisar e identificar com mais facilidade onde entra e onde sai o dinheiro na sua clínica, identificando os principais recursos do seu negócio e, também, os principais gargalos ou ralos por onde sai o dinheiro. Essa atitude facilita, do mesmo modo, a tomada de decisões

.

As categorias do seu plano de contas podem ser criadas de acordo com a sua necessidade de análise, uma opção seria categorizar por cada tipo de serviço oferecido na sua clínica, por exemplo.


4. Mantenha o registro de todas as entradas de caixa do período estipulado


Agora é preciso acrescentar qualquer nova entrada no seu fluxo, seja um novo pagamento de um paciente ou, ainda, uma dívida quitada não planejada, como por exemplo, a manutenção de um equipamento como um gerador que estragou repentinamente. Toda quantia que entrar no período programado deve ser registrada.


Importante registrar também a previsão de recebimento quando parcelado, não apenas as entradas no caixa, mas as previsões de despesas também. Isso vai ajudar a ter uma melhor noção de como a empresa estará no próximo mês, se pode faltar dinheiro para alguma despesa, por exemplo. A essa atividade damos o nome de projeção de caixa, ou caixa projetado.


5. Realize a baixa em todas as saídas de caixa do mesmo período


Também, não esqueça de dar baixa em todas as saídas de caixa referentes ao período analisado. Se esse detalhe for esquecido, a segurança e o controle do caixa é comprometida, fazendo com que você conte com um valor que, de fato, não está mais disponível induzindo a tomada de decisões equivocadas.


Registre também toda saída de qualquer outro valor que não tenha sido considerado no passo de nº 2, ok? Afinal , é muito comum que haja uma situação urgente ou apareça uma oportunidade imperdível e seja necessário mexer no caixa da empresa fazendo uma movimentação não prevista.


6. Mantenha os lançamentos atualizados sempre que necessário


É fundamental maenter seu fluxo de caixa sempre atualizado e organziado. Para isso, o ideal é que o controle seja feito diariamente, preferencialmente. Dessa maneira, não há perigo de deixar um valor importante de fora do registro do caixa.


Conclusão


Gerenciar o caixa é uma tarefa básica, porém geralmente negligenciada na maioria das clinicas.


Não cometa o erro de não controlar o caixa da sua clinica. O fluxo de caixa é uma ferramenta gerencial e organizacional.


Se você deseja mais informações sobre gestão, marketing e vendas para clínicas odontológicas e médicas acompanhe o nosso blog.


Se precisa de uma consultoria organizacional para sua clinica entre em contato.


Senior Consulting

+55 (11) 3254-7451

atendimento@seniormarketing.com.br


bottom of page