top of page
  • Foto do escritorAdmin

Como calcular o preço de venda de um tratamento de implantes dentários?


Como calcular o preço de venda de um tratamento de implantes dentários?

Alerta: Este artigo foi criado para dentistas e/ou gestores de clínicas. Ele não é direcionado para pacientes. Se você é um paciente procurando o preço de um implante dentário, por favor, busque em outro lugar!


Você sabe calcular o preço de venda dos seus tratamentos de implantes dentários?


Nem todo mundo sabe como calcular o preço dos seus serviços. Geralmente buscam referências no mercado e fazem um preço médio baseado nessa pesquisa.


Agindo assim, você pode estar colocando em risco a saúde financeira da sua clínica odontológica.

 

Qual a importância de calcular o preço de venda do tratamento de implantes corretamente?


Calcular o preço de venda do tratamento de implantes corretamente é importante por várias razões:

  1. Cobertura dos custos: O cálculo correto do preço de venda é fundamental para garantir que todos os custos do tratamento sejam cobertos. Isso inclui não apenas os custos dos materiais, mas também os custos fixos, como aluguel, salários, impostos, entre outros.

  2. Lucratividade: O preço de venda também deve garantir a lucratividade do dentista ou clínica. Se o preço for muito baixo, o negócio pode não ser sustentável e pode levar a prejuízos. Por outro lado, se o preço for muito alto, pode afugentar potenciais pacientes.

  3. Competitividade: O preço de venda também é importante para manter a competitividade no mercado. Se os preços praticados forem muito diferentes dos concorrentes, isso pode afetar a decisão dos pacientes na escolha do tratamento.

  4. Justiça para o paciente: É importante estabelecer um preço justo e adequado para o paciente. Se o preço for muito alto, pode impedir que alguns pacientes acessem o tratamento, o que não é ético. Por outro lado, se o preço for muito baixo, pode não cobrir todos os custos e, a longo prazo, prejudicar a capacidade de oferecer tratamentos de qualidade.

Enfim, o preço de um tratamento de implantes deve cobrir todos os custos fixos, variáveis e depesas para entregar o tratamento com qualidade. Além disso, claro, é preciso que o preço garanta uma margem de lucro para reinvestimento no seu negócio.


 

Passo a passo para calcular o preço de venda de um tratamento de implantes dentários


O cálculo do preço de venda de um tratamento de implante dentário pode variar dependendo de vários fatores, como a complexidade do caso, o custo dos materiais utilizados e o nível de experiência do dentista. Aqui estão alguns passos que podem ajudar a estimar o preço de venda:

  1. Avalie o custo dos materiais: O primeiro passo é avaliar o custo dos materiais necessários para realizar o tratamento de implante dentário, como implantes, componentes protéticos, anestesia, materiais de sutura, etc.

  2. Considere o tempo do procedimento: O tempo necessário para realizar o procedimento de implante dentário também deve ser considerado ao calcular o preço de venda. O tempo do procedimento pode variar dependendo do número de dentes envolvidos, da complexidade do caso e da habilidade do dentista.

  3. Calcule os custos fixos: Além dos custos diretos do tratamento, é preciso considerar os custos fixos, como aluguel do consultório, custos de equipamentos, salários dos funcionários e outras despesas gerais.

  4. Adicione sua margem de lucro: Para determinar o preço de venda final, é preciso adicionar uma margem de lucro que seja adequada para cobrir os custos fixos e também gerar lucro para o dentista.

  5. Verifique os preços de mercado: É importante verificar os preços de mercado para tratamentos semelhantes em sua região e ajustar o preço de venda de acordo com o mercado.

 

O que levar em conta para calcular na prática o do preço de um tratamento de implante dentario?


Vamos imaginar um cenário prático para podermos calcular o custo de um tratamento de implantes dentários.


. O custo total do tratamento pode variar dependendo de diversos fatores, como a região onde o paciente mora, o tipo de implante utilizado, a habilidade do dentista e a necessidade de procedimentos adicionais, como enxertos ósseos ou extrações.


Além do custo dos implantes em si, é importante considerar outros custos associados ao tratamento de implantes dentários, como:

  • Consultas iniciais e avaliações: podem variar de acordo com o dentista e a clínica, mas geralmente custam entre R$ 100,00 e R$ 500,00 cada.

  • Radiografias e exames: o paciente pode precisar fazer exames como radiografias panorâmicas, tomografias ou exames de sangue, que podem variar de R$ 100,00 a R$ 1.000,00 cada.

  • Procedimentos adicionais: dependendo da condição do paciente, pode ser necessário realizar enxertos ósseos, extrações de dentes ou outros procedimentos antes ou durante o tratamento de implantes dentários. Esses procedimentos podem aumentar o custo total do tratamento.

  • Custos de manutenção: após a colocação dos implantes, o paciente precisará de acompanhamento regular com o dentista, limpezas dentárias e possíveis ajustes no encaixe dos dentes. Esses custos podem variar de acordo com o dentista e a clínica.

Vou dar um exemplo prático de como calcular o preço de venda de um implante dentário:


Suponha que a clínica tenha um custo médio de R$ 2.500,00 por implante dentário, considerando o custo dos materiais e o tempo de trabalho do dentista. Para obter um lucro desejado de 30%, a clínica deverá adicionar R$ 750,00 ao custo total de cada implante. Portanto, o preço de venda final de cada implante seria de R$ 3.250,00.


Para matar todas as dúvidas sobre precificação de implantes:


Preço de venda = Custos Variáveis + Despesas de Vendas + Parcela de Custo Fixo + Margem de Lucro


Onde:


Custos Variavéis = Todo custo direto para fazer o serviço do implante, incluindo preço do implante, insumos utilizados na cirurgia e valor da mão de obra do dentista (comissão ou valor fixo)


Despesas de Vendas = Impostos sobre vendas, taxas de cartão de crédito, comissão de equipe de vendas (se houver).


Parcela de Custo Fixo = Hora da sua cadeira ou hora do consultório calculado somando-se todos os custos fixos da clínica (aluguel, utilidades, funcionários, etc.) divindo-se pelo número de cadeiras / consultórios multiplicado pelo números de horas de funcionamento de cada cadeira / consultório por mês.


Margem de Lucro = O Markup ou margem de lucro desejado pagos todos os custos e despesas do tratamento.


Portanto, para calcular o custo total do tratamento de implantes dentários, é importante considerar todos esses fatores e adicioná-los ao custo dos implantes em si. Em média, o custo total do tratamento de implantes dentários pode variar de R$ 20.000,00 a R$ 30.000,00 ou mais, dependendo da complexidade do caso.


Sempre conte com a Senior Consulting para ajudar a calcular o preço correto dos tratamentos na sua clínica odontológica.


 

Conclusão


É importante lembrar que o preço final deve ser justo e adequado para o paciente, mas também deve cobrir todos os custos e gerar lucro para o dentista. Consulte um consultor financeiro ou contabilista se precisar de ajuda para calcular seus custos e estabelecer um preço adequado.


Sobre a Senior Consulting


Somos referência em marketing e gestão de empresas de saúde. Temos nossa matriz em São Paulo e escritórios em Miami, Nova York e Londres.


Senior Consulting

Gestão de clínicas

+55 11 3254 7451

atendimento@seniorconsulting.com.br

bottom of page